segunda-feira, 28 de julho de 2014

DURANTE FISCALIZAÇÃO, PRF APREENDE CÉDULAS FALSAS EM ÔNIBUS E MACONHA NO INTERIOR DE VEÍCULO

DURANTE FISCALIZAÇÃO, PRF APREENDE CÉDULAS FALSAS EM ÔNIBUS
Neste domingo (27) durante fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal, foram encontradas no banheiro de um ônibus intermunicipal diversas notas de real falsas. Somadas, as notas totalizaram R$ 8.580,00 não sendo possível localizar o proprietário das mesmas. A ocorrência foi no KM 68 da BR 463 em Ponta Porã e encaminhada para Polícia Federal local. 





CUIABANO É PRESO PELA PRF COM MACONHA EM VEÍCULO
No início da tarde desta segunda feira (28), foram apreendidos 50 kg de maconha no interior do veículo Chevrolet/Montana com placas de Cuiabá/MT. O condutor de 38 anos foi preso e demonstrou nervosismo durante a fiscalização, o que levou os policiais a realizarem uma revista minuciosa. O preso morador em Cuiabá informou que pegou o entorpecente em Ponta Porã e seu destino seria a capital mato-grossense, sendo que pelo transporte receberia R$ 2.000,00. A apreensão foi durante fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal na BR 163, Km 324 em Rio Brilhante.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Agente da PRF que atuava na Baixada Fluminense é preso com armas em tanque de GNV na Via Dutra



Um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi preso com armas escondidas dentro do tanque de GNV (Gás Natural Veicular), enquanto conduzia seu carro, um Vectra, pela Via Dutra, em Lavrinhas, na região do Vale do Paraíba (SP), na noite desta quinta-feira. A operação foi realizada em conjunto pela própria PRF e da Polícia Federal (PF). No porta-malas, foram encontrados dois fuzis calibre 762, doze pistolas calibre 9mm, e cerca de 65 kg de munição.


Um dos veículos abordados durante a fiscalização, com placa de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, era conduzido por um policial rodoviário federal, em dia de folga. Os materiais ilícitos estavam escondidos no interior de um cilindro de gás natural veicular instalado no porta-malas do carro e preparado para enganar alguma ação policial.
Um segundo homem, que acompanhava o agente em outro veículo, também foi preso. Ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro, onde foram autuados em flagrante por porte de armas de uso restrito, crime com pena prevista de até seis anos de reclusão. Eles serão encaminhados ao sistema penitenciário estadual.




De acordo com a PRF, o policial já estava sendo monitorado pela Corregedoria da corporação. No momento da prisão, ele afirmou que estava conduzindo o Vectra para um amigo. O agente, que não teve o nome divulgado, atuava na Baixada Fluminense.
A Polícia Rodoviária repudiou a atitude do servidor, em comunicado.




Confira na íntegra a nota da PRF:
"Durante Operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF), foi preso na noite de ontem (24), um Policial Rodoviário Federal, de 31 anos. O agente preso, que vinha sendo monitorado pela Corregedoria da PRF, foi abordado enquanto conduzia um veículo Vectra pela Via Dutra, em Lavrinhas.
Declarou que estaria levando o Vectra para um amigo e que provavelmente este já teria passado pelo local da abordagem, ocupando um outro veículo. Com o segundo veículo localizado por equipe PRF, ambos condutores foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro.
Dentro de um tanque de GNV (Gás Natural Veicular), acoplado ao Vectra conduzido pelo policial, foram encontrados 2 (dois) fuzis calibre .762; 12 (doze) pistolas calibre 9mm; aproximadamente 2.900 munições de calibre .40; aproximadamente 3.200 munições de calibre .45 e aproximadamente 500 munições de calibre 762.
A Polícia Rodoviária Federal não admite que seus servidores ajam às margens dos preceitos legais do Estado Democrático de Direito. O policial deve sempre agir de maneira compatível com a legalidade e com a moralidade, mesmo em sua folga. Os fatos em questão serão rigorosamente apurados pela corregedoria do órgão".


Fonte:extra.globo.com

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A PRF completa 86 anos neste dia 24 de julho.



A Policia Rodoviária Federal, os nossos sinceros agradecimentos pelos 86 anos de serviços prestados, zelando pela segurança de nossas rodovias. Parabéns pelo 86º Aniversário desta corporação, que nos enche de orgulho, com sua íntegra conduta, fazendo do Brasil um lugar mais seguro, quilômetro a quilômetro.
São os votos da União do Policial Rodoviário do Brasil – Casa do Inspetor, a mais antiga entidade classista da PRF. 







quarta-feira, 23 de julho de 2014

Carro-forte com R$ 2,3 milhões em multas é apreendido pela PRF em SP

Veículo da Blue Angels estava sem licenciamento desde 2011.
Polícia Rodoviária deteve o carro nesta terça em Guarulhos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de São Paulo apreendeu um carro-forte da empresa Blue Angels sem licenciamento desde 2011 e com R$ R$ 2.342.762,49 em multas e débitos relacionados ao veículo. De acordo com a PRF, a apreensão ocorreu nesta terça-feira (22) na Via Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Em nota, a empresa alegou ter isenção de rodízio e estacionamento em locais proibidos, mas que tem recebido multas sistemáticas da Prefeitura. A empresa disse que recorre à Justiça para ter as notificações anuladas. Entretanto, a empresa não esclareceu a falta de licenciamento apontada pela Polícia Rodoviária.
A PRF informou que o carro-forte foi apreendido devido à falta de licenciamento. Depois, os policiais rodoviários federais realizaram consulta ao Detran e descobriram que o veículo devia mais de R$ 2,3 milhões. No começo da tarde, a PRF chegou a informar que o valor era de cerca de R$ 300 mil, mas atualizou mais tarde os valores.
O carro foi parado pela PRF no km 221 da pista lateral sul da via Dutra porque trafegava em uma via para veículos leves e mais rápidos. Como é considerado um carro pesado, pela lei, deveria trafegar na pista da direita, para veículos lentos.
No ato, o veículo recebeu quatro multas: não ter licenciamento, transitar em faixa não permitida, não possuir tacógrafo e não ter faixas reflexivas no para-choque traseiro. O valor total das multas aplicadas nesta manhã é de R$ 574,61.
O dinheiro que era transportado dentro do carro apreendido foi retirado e transferido para outro veículo regular da empresa. Segundo a PRF, a empresa só poderá retirar o carro apreendido do pátio da polícia quando quitar as dívidas.


A empresa informou ao G1 que o veículo apreendido seguia para sua base para passar "por manutenção (instalação da faixas reflexivas e substituição do tacógrafo)".
Carro da Blue Angels não tinha o disco do tacógrafo, segundo a PM; (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)
Carro da Blue Angels não tinha o disco do tacógrafo, segundo a PRF. (Foto: Divulgação/PRF)
  •  
  •  
  •  
Consulta Detran mostra situação do carro-forte (Foto: Divulgação/PRF)Consulta ao Detran mostra situação do carro-forte. Dados do veículo foram omitidos na imagem divulgada pela polícia. (Foto: Divulgação/PRF)FONTE: G1.COM

23 de julho – Dia do POLICIAL RODOVIÁRIO

23 de julho – Dia do POLICIAL RODOVIÁRIO

A Casa do Inspetor, primeira entidade classista representativa dos policiais rodoviários federais, fundada em 1948, saúda e parabeniza os integrantes da categoria que presta tantos e tão relevantes serviços aos usuários das rodovias federais brasileiras.

Parabéns, Policial Rodoviário Federal, pelo seu dia !



terça-feira, 22 de julho de 2014

PRF conquista prêmio internacional sobre segurança viária



Esta foi a primeira participação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no concurso promovido pela Associação Internacional de Chefes de Polícia (sigla em inglês IACP). O projeto inscrito destacou os esforços dos últimos três anos para a ampliação da segurança viária e reduções da violência nas rodovias federais catarinenses. O comitê da IACP avaliou programas operacionais, dados estatísticos e resultados obtidos.
O projeto que venceu na categoria “Agências Internacionais” apresenta as diretrizes para a segurança viária adotadas pela PRF em Santa Catarina.
O certame contou com a inscrição de centenas de Departamentos de Polícia e possuiu critérios rígidos de participação. Os julgadores analisaram as políticas utilizadas pela PRF para lidar com excesso de velocidade, alcoolismo, consumo de drogas e outros problemas que afetam a segurança no trânsito. A avaliação pontuou as ações de fiscalização dos itens de segurança dos veículos e também de redução de acidentes envolvendo motocicletas e ciclomotores. Todos os dados são relacionados às diretrizes implantadas pela PRF em Santa Catarina.
A Associação Internacional de Chefes de Polícia, sediada nos Estados Unidos, organiza anualmente o concurso para promoção da segurança viária. A premiação reconhece as boas práticas e resultados no planejamento e desenvolvimento de ações para um trânsito mais seguro. A entrega do prêmio será em 27 de outubro durante o Congresso Anual da IACP em Orlando/EUA.

PRF REALIZA OPERAÇÃO TRÂNSITO SEGURO III





OPERAÇÃO TRÂNSITO SEGURO III

A Polícia Rodoviária Federal está realizando a terceira edição da Operação Trânsito Seguro, agora com ações na cidade de Bataguassu, divisa com São Paulo. A Operação Trânsito Seguro III teve início na quinta-feira (17) e tem por objetivo fiscalizar e tirar de circulação veículos em mau estado de conservação.
Na fiscalização está havendo a aplicação do Código de Trânsito Brasileiro no que tange aos equipamentos obrigatórios de segurança, pois se verifica que muitos motoristas ainda transitam com seus veículos sem as condições mínimas de segurança e trafegabilidade.
Nos últimos anos, defeito mecânico foi a quarta maior causa de acidentes de trânsito nas rodovias federais do estado. No ano de 2013 a Polícia Rodoviária Federal aplicou mais de 15.000 multas relacionadas ao mau estado de conservação de veículos.
Além disso, a operação visa intensificar a fiscalização no período de férias, onde há um aumento no fluxo de veículos nas rodovias federais, especialmente neste mês de julho.
Durante quatro dias de operação na região foram feitos 90 autos de infração, duas pessoas presas e dois veículos recuperados. Em uma das o condutor do veículo VW/Gol com placas de Campinas/SP desobedeceu ordem de parada e empreendeu fuga em alta velocidade saindo de pista e abandonando o veículo. Foi constatado que o automóvel era um clone com ocorrência de roubo na capital paulista no dia 14. Durante as buscas ao condutor foi abordado um indivíduo caminhando às margens da rodovia em Bataguassu, sendo que após entrevista o homem de 38 anos, pintor, confessou ser o condutor do veículo GOL que fugiu da fiscalização. O preso declarou ainda que buscou o veículo em São Paulo, que iria entregá-lo em Ponta Porã e que pelo transporte receberia R$ 1.000,00. A ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Civil local.
Foram autuados veículos sem equipamentos obrigatórios, equipamentos ineficientes ou inoperantes, com panes no sistema elétrico, sem placas de identificação, com pneus em mau estado de conservação e demais irregularidades que comprometem a segurança viária.
Desta forma, a Polícia Rodoviária Federal orienta os motoristas a realizarem a manutenção preventiva em seus veículos antes transitarem pelas rodovias para que não se envolvam ou venham a ser vítimas de acidentes, contribuindo para a diminuição da violência no trânsito.
A fim de coibir tais infrações e garantir a segurança nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul, a Operação Trânsito Seguro da PRF se estenderá a outras regiões do estado consideradas críticas, verificadas de acordo com estatísticas.
A primeira edição da Operação Trânsito Seguro ocorreu na região do bolsão (Paranaíba, Cassilândia, Aparecida do Taboado, Selvíria, Inocência, Chapadão do Sul e Água Clara) e teve inicio na segunda-feira (30 de junho). A segunda edição ocorreu na região sul do estado, divisa com o Paraná e Paraguai (Naviraí e Mundo Novo). 


Balanço de acidentes janeiro a maio de 2014


MINISTÉRIO DA JUSTIÇA
POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
2ª SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL – MATO GROSSO
Núcleo de Comunicação Social



BALANÇO DE ACIDENTES DE 01 DE JANEIRO A 31 DE MAIO DE 2014


Em 2014, durante os cinco primeiros meses a Polícia Rodoviária Federal registrou uma redução no número de acidentes no Estado de Mato Grosso. Foram registrados 1861 acidentes, equivalente a 22,23 acidentes por milhão de veículos de acordo com a frota nacional, que no mês de maio era de 83.683.119 veículos (Fonte: Denatran). Nesse cenário foi alcançada uma redução de 6,44% em relação ao mesmo período de 2013.

Desse montante, o número de feridos com total de 1091 (mil e noventa e um) equivalente 13,03 feridos por milhão de veículos, registrou um aumento de 8,45%.

Ainda, do total de ocupantes nos veículos envolvidos nos acidentes, 98 (noventa e oito) morreram no local do evento, que corresponde a 1.17 mortos/milhão de veículos, enquanto que em 2013 foram registradas 112 mortes, correspondente a 1,43 por milhão de veículos, ou seja uma queda de -12,50%.


Janeiro / Maio


2013

2014
Por milhão de veículos – 2013
Por milhão de veículos – 2014
Variação (em relação à frota de veículos)
Acidentes
1989
1861
25,39
22.23
-6,44%
Feridos
1006
1091
12.84
13.03
+8,45%
Mortes
112
98
1.43
1.17
-12,50%
Frota Considerada – 2013: 78,3 milhões. 2014: 38,6 milhões Fonte: Denatran
Fórmula de cálculo: Total * 1.000.000 / frota nacional

As cinco rodovias federais: 364, 070, 163, 174 e 158 totalizam 4.035 Km.

A BR 364 foi palco de 42,55% dos acidentes registrados, seguida pelas BR 163 com 23,85%, BR 070 com 23,42%, BR 158 com 5,21% e BR 174 com 4,94%.

As duas primeiras rodovias, rotas de acesso ao sul e sudeste do país possuem um tráfego intenso de veículos, em especial os de transporte de cargas, fruto da característica econômica do Estado, tiveram quase 60% do número total dos acidentes e de mortes registradas. Em comparação a 2013, sofreu uma redução de 13,77% nos acidentes e 25,31% no número de mortes.

A grande preocupação foi a BR 070, que registrou 25 mortes, um aumento de 08 em relação à 2013, sendo 12 delas entre Várzea Grande e Cáceres, fruto de acidentes ligados diretamente ao comportamento dos condutores, tais como: Velocidade incompatível, ultrapassagem indevida e falta de atenção.

No geral os tipos de acidentes mais frequentes foram Colisão traseira, saída de pista e colisão lateral, a maioria causados por falta de atenção do condutor, não guardar distância de segurança, velocidade incompatível e ultrapassagem indevida.

No que se refere aos impactos causados, a colisão frontal é o tipo de acidente, que apesar de menor ocorrência, é o que mais provoca mortes, sendo responsável por cerca de 42% delas. A maioria das vítimas fatais foram em acidentes que tiveram como causa a Falta de atenção do condutor, a velocidade incompatível para o local e a ultrapassagem indevida.

Na BR 163, o ponto mais sensível é o perímetro urbano de Sinop e o trecho entre Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Já o eixo entre a divisa do Estado de MT/MS até Rondonópolis, não houve registro de mortes nesse período.

Na BR 364, a redução foi considerável tanto do número de acidentes como de mortes . Em especial entre Juscimeira e Cuiabá que caiu de 12 para 4 mortes.

A PRF atua diariamente na fiscalização volante nos pontos mais sensíveis e registra centenas de autos de infração das mais variadas flagradas diuturnamente, principalmente aquelas potenciais causadoras de acidentes graves, como a ultrapassagem em locais proibidos, o excesso de velocidade e a ingestão de álcool.

Nestes primeiros cinco meses, cerca de 3.600 (três mil e seiscentos) motoristas foram autuados por ultrapassagem pela contramão em local sinalizado com faixa contínua amarela, 313 (trezentos e treze) por forçar passagem entre veículos transitando em sentidos opostos e 1.124 (mil cento e vinte e quatro) por estar transitando acima da velocidade máxima permitida. Além disso, mais de 1.600 (mil e seiscentos) pessoas foram flagradas dirigindo sem possuir carteira nacional de habilitação, 1969 (mil novecentos e sessenta e nove) condutores e 780 (setecentos e oitenta) passageiros foram flagrados sem usar o cinto de segurança. Na fiscalização de combate a alcoolemia, 16.364 (dezesseis mil trezentos e sessenta e quatro) motoristas realizaram o teste do etilômetro, destes 585 (quinhentos e oitenta e cinco) foram autuadas e 186 (cento e oitenta e seis) foram presas por dirigir sob influência de álcool. Mais de 100 mil veículos e pessoas foram fiscalizados, 2.429 (dois mil quatrocentos e vinte e nove) documentos recolhidos e 716 (setecentos e dezesseis) veículos foram retidos cumprindo medidas administrativas.

Em paralelo à fiscalização ordinária, diversas Campanhas de educação de trânsito são realizadas, em projetos como o Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito – Fetran –, já na sua 11ª edição, que atingiu quase 25000 (vinte e cinco mil) crianças e adolescentes de escolas públicas e privadas; o Rota Cidadã, que aborda caminhoneiros para avaliar gratuitamente a saúde dos profissionais da estrada em parceria com diversas instituições parceiras; Palestras e apresentações realizadas por policiais rodoviários federais em Empresas e Escolas na capital e em cidades do interior.
Em maio de 2014, de acordo com o Denatran, a frota nacional atingiu a marca aproximada de 83,6 milhões de veículos, sendo mais de 1,6 milhões registrados em Mato Grosso que no ano passado apresentava 1,4 milhões, índice que se torna um fator para aumentar o número de acidentes, uma vez que um número maior de veículos circulam nas vias pública.











PRINCIPAIS AUTUAÇÕES
Descrição
Quantidade

Ultrapassar pela contramão sobre faixa contínua amarela
3596
Transitar em desacordo c/ autorização expedida p/ dimensões excedentes
2119
Conduzir o veiculo registrado que nao esteja devidamente licenciado
2078
Deixar o condutor de usar o cinto segurança
1969
Conduzir o veiculo com equipamentos obrigatório em desacordo
1723
Dirigir veiculo sem possuir CNH
1621
Transitar em local/horário não permitido pela regulamentação
1215
Conduzir o veiculo em mau estado de conservação
1015
Conduzir veiculo sem os documentos de porte obrigatório
983
Transitar em velocidade superior a máxima permitida em ate 20%
926
Deixar o passageiro de usar o cinto segurança
780
Conduzir o veiculo com equipamento obrigatório
685
Dirigir sob a influencia de álcool
585
Conduzir veiculo com vidro coberto por película de forma irregular
563
Conduzir veiculo de transp.passag /carga em desacordo c/ Art 67-A CTB
561
Conduzir o veiculo sem equipamento obrigatório
557
Dirigir veiculo com validade da CNH vencida ha mais de 30 dias
549
Transitar com o veiculo com excesso de peso PBT/PBTC
466
Permitir posse/condução do veiculo a pessoa sem CNH
432
Conduzir o veiculo c/ equip do sistema de iluminação e de sinalização alterados
401
Conduzir o veiculo sem qualquer uma das placas de identificação
347
Em mov deixar de manter acesas luzes de posição sob chuva forte/neblina/cerração
327
Forcar passagem entre veículos transitando em sentido opostos p/ ultrapassagem
313
Ultrapassar pela contramão veiculo parado em fila impedindo a circulação
312
Portar no veiculo placas de identificação em desacordo c/ especificação/modelo Contran
300
Conduzir o veiculo com qualquer uma das placas sem legibilidade e visibilidade
276
Conduzir o veiculo com defeito no sistema de iluminação/lampada queimada
274
Transitar com o veiculo em acostamentos
239

Total de autos de infração
32115









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes