domingo, 24 de maio de 2015

Acusado de roubo e homicídios é preso pela PRF com uma pistola na Niterói-Manilha

Acusado de roubo e homicídios é preso pela PRF com uma pistola na Niterói-Manilha

Acusado de roubo e homicídios é preso pela PRF com uma pistola na Niterói-Manilha
Operação Cinturão
Um homem de 37 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), após ser flagrado pelo crime de porte ilegal de arma, em abordagem na rodovia Niterói-Manilha (BR-101), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, durante a 'Operação Cinturão', na manhã de quarta-feira (20).

Por volta das 10h, na altura do km 302, policiais rodoviários federais abordaram uma caminhonete com placas de São Gonçalo/RJ, após suspeitarem dos três ocupantes. Em uma revista no automóvel, os policiais encontraram uma pistola calibre 380, com 16 munições, pronta para uso, que estava escondida embaixo do banco.

Um dos passageiros assumiu ser o dono da arma. Ele estaria fazendo a segurança dos outros dois suspeitos, que seriam proprietários de postos de combustíveis da região.

Em uma consulta aos sistemas de segurança pública, os agentes da PRF constataram que o suposto segurança, morador de Itaboraí, possuía mandados de prisão em seu desfavor. Ele é acusado pelos crimes de roubo e dois homicídios qualificados.

A ocorrência foi encaminhada à 74ª DP (Alcântara).

PRF descobre 846 quilos de cocaína e faz sua maior apreensão no Paraná e a 2ª no país

PRF descobre 846 quilos de cocaína e faz sua maior apreensão no Paraná e a 2ª no país

Dos 846 quilos de cocaína, 113 são pó (cloridrato) e 733, pasta base; Os policiais apreenderam ainda 129 quilos de maconha
PRF descobre 846 quilos de cocaína e faz sua maior apreensão no Paraná e a 2ª no país
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 846,3 quilos de cocaína e 128,8 quilos de maconha na manhã desta sexta-feira (22) em Alto Paraíso, região noroeste do Paraná.
As drogas estavam em compartimentos ocultos de duas carretas, abordadas pelos policiais rodoviários federais em frente ao posto Porto Camargo da PRF, no quilômetro 9 da BR 487.
Trata-se da maior apreensão de cocaína já registrada pela PRF em toda a sua história no Paraná, e a segunda maior feita pela instituição no Brasil.
Está atrás apenas de uma ocorrência de março de 2011, no Mato Grosso, quando 941 toneladas foram apreendidas. É, portanto, a maior apreensão desse tipo de droga pela PRF nos últimos quatro anos no país.
Dos 846,3 quilos de cocaína apreendidos, 113,2 quilos são pó (cloridrato), e os demais 733,1 quilos, pasta base.
As duas carretas abordadas em Alto Paraíso estavam carregadas com soja. Presos em flagrante por tráfico de drogas, os motoristas, de 25 e 36 anos de idade, disseram que saíram de Amambai (MS) e que o destino final seria a cidade de São Paulo (SP).
Em uma das carretas, as drogas estavam escondidas no teto e na parede traseira da cabine, em compartimentos preparados para o transporte ilegal. Os policiais rodoviários federais precisaram usar uma serra para retirar os tabletes.
Na outra carreta, os tabletes estavam escondidas em um dos tanques de combustível.
No início da abordagem, a equipe da PRF havia constatado a embriaguez de ambos os motoristas. Um deles já seria detido antes mesmo da descoberta das drogas, porque o resultado do exame do bafômetro havia ultrapassado o nível de álcool no organismo que resulta em prisão em flagrante.
As drogas foram localizadas após revista minuciosa dos policiais nos dois veículos. Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal deu apoio à apreensão.
A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Com uso de câmeras, PRF identifica e prende trio que saqueou caminhonete com maconha

Com uso de câmeras, PRF identifica e prende trio que saqueou caminhonete com maconha

Cinco tabletes foram retirados do veículo e jogados em uma caçamba de entulho; quatro dias depois, os policiais recolheram a droga
Com uso de câmeras, PRF identifica e prende trio que saqueou caminhonete com maconha
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta quarta-feira (13) três homens que haviam participado de um saque a uma caminhonete acidentada quatro dias antes, na madrugada do último domingo (10), em Cascavel, região oeste do Paraná.
Dois deles estavam em uma Fiat Fiorino, abordada em frente ao Posto Cascavel da PRF, no quilômetro 580 da BR 277. Os policiais rodoviários federais reconheceram as inscrições na parte externa do veículo. O saque foi filmado por uma câmera da concessionária Ecocataratas.
A PRF vem utilizando sistemas de videomonitoramento em diversas regiões do estado, em ações de fiscalização de trânsito, combate ao crime e situações de emergência.
Nas imagens, é possível visualizar os três ocupantes de uma Fiorino que se aproximam do veículo acidentado, retiram objetos de dentro dele e, em seguida, vão embora, antes da chegada da polícia.
Dentro do veículo acidentado, abandonado após a colisão, foram apreendidos 604,3 quilos de maconha.
Questionados pela equipe da PRF, os presos admitiram que retiraram cinco tabletes do veículo acidentado e, na sequência, os deixaram em uma caçamba de entulho de uma obra em construção.
Localizado pela PRF em um ônibus que saiu de Cascavel com destino à Curitiba, o terceiro integrante do grupo confirmou a versão dada anteriormente pelos outros dois.
De imediato, a equipe da PRF foi até o local citado por eles e encontrou 4,9 quilos de maconha dentro da caçamba, divididos em cinco tabletes.
Os três homens, de 19, 22 e 38 anos de idade, moram em São josé dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Eles estavam em Cascavel a trabalho, com o veículo de uma empresa de divisórias e revestimentos acústicos.
A PRF encaminhou a ocorrência para a 15ª Subdivisão da Polícia Civil em Cascavel.

Produção de conhecimento em direitos humanos rende prêmio a PRF

Produção de conhecimento em direitos humanos rende prêmio a PRF

Produção de conhecimento em direitos humanos rende prêmio a PRF
Brasília, 20 de maio de 2015 - A Polícia Rodoviária Federal foi homenageada hoje (20) na Câmara dos Deputados por sua atuação na garantia dos direitos fundamentais. A PRF foi a vencedora, na categoria Produção de Conhecimento, do prêmio Neide Castanha, promovido pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Pela primeira vez, em cinco anos, uma instituição que não atua na área de ensino conquista o prêmio nessa categoria. 
A diretora-geral, Maria Alice Nascimento Souza, recebeu a premiação em nome de toda a instituição. “Este prêmio não é só da PRF, mas da Secretaria de Direitos Humanos, da Organização Internacional do Trabalho, Childhood Brasil, Ministério Público do Trabalho, e de todos os policiais rodoviários federais que direta ou indiretamente contribuíram para a consolidação de um trabalho que busca garantir os direitos das crianças e adolescentes em nossas rodovias”, destacou Maria Alice. 
O prêmio foi conquistado pelo trabalho de mapeamento dos pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais, realizado pela instituição a cada dois anos. No último levantamento, publicado no ano passado, destaca-se a significativa redução dos pontos críticos: 40% em seis anos. A redução desses pontos pode estar relacionada à soma de esforços, engajamento dos diversos setores e atuação preventiva nas rodovias federais. 
Do total de pontos de risco de exploração sexual mapeados, em 1121 locais foi possível identificar a origem e gênero das crianças e adolescentes e 428 pontos (38%) indicaram que a vítima era originária de outra localidade, ou seja, poderiam estar em situação de tráfico de pessoas. Dentre os 448 pontos com registro de crianças e adolescentes em situação de exploração sexual, identificou-se que 69% era do sexo feminino, 22% transgêneros e 9% do sexo masculino. 
Nesta edição do Mapear foi iniciada a comparação dos municípios apontados com maior quantidade de pontos críticos e de alto risco com indicadores sociais. A análise demonstrou que, em geral, esses municípios apresentam baixos Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), possuem alta taxa de analfabetismo e evasão escolar, além da baixa renda e presença de crianças e adolescentes em situação economicamente ativa.
A Polícia Rodoviária Federal já recebeu diversas premiações por sua atuação no enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes desde o início do Projeto Mapear, em 2004. As homenagens recebidas representam o reconhecimento da sociedade ao trabalho da PRF enquanto uma polícia cidadã, comprometida com a indução das políticas públicas e a garantia dos direitos fundamentais.
 Defensora dos direitos humanos 
O nome da premiação homenageia a assistente social e reconhecida defensora dos direitos humanos, morta em 2010, que dedicou grande parte da vida na luta contra a violência a que são submetidas crianças e adolescentes no Brasil.
Neide Castanha tornou-se referência, no Brasil e no mundo, no que diz respeito ao enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. Participou ativamente do processo de construção do Estatuto da Criança e do Adolescente e da criação do Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. 
Esse Prêmio tem por objetivo homenagear personalidades e instituições que, assim como Neide Castanha, se destacaram na defesa intransigente dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, em especial dos Direitos Sexuais.
FONTE:WWW.PRF.GOV.BR

sexta-feira, 22 de maio de 2015

PRF apreende mais de meia tonelada de maconha em Céu Azul

Exibindo 21maio2015_PRF_apreende_mais_de_meia_tonelada_maconha1.jpgA Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 570,7 quilos de maconha nesta quinta-feira (21) em Céu Azul, região oeste do Paraná.

A droga estava dentro de um automóvel Peugeot 408, abandonado pelo condutor nas imediações do quilômetro 625 da BR 277, após ter sido seguido por cerca de doze quilômetros por uma viatura da PRF.

Os policiais rodoviários federais se deslocavam em ronda quando suspeitaram do veículo, na altura do quilômetro 637. Acompanhado pela viatura da PRF, o motorista, em alta velocidade, realizou uma série de manobras perigosas que colocaram em risco os demais usuários da rodovia.

Após abandonar o automóvel, ele fugiu a pé por uma área de mata e ainda não foi encontrado. Dentro do veículos, os policiais encontraram a droga, distribuída em 789 tabletes.

Com placas clonadas, o carro tinha alerta de roubo, ocorrido em novembro de 2012, na cidade de Curitiba.

A PRF encaminhou a droga apreendida e o veículo recuperado para a Delegacia da Polícia Civil em Céu Azul.
Exibindo 21maio2015_PRF_apreende_mais_de_meia_tonelada_maconha2.jpg

Exibindo 21maio2015_PRF_apreende_mais_de_meia_tonelada_maconha3.jpg

Exibindo 21maio2015_PRF_apreende_mais_de_meia_tonelada_maconha4.jpg

quarta-feira, 6 de maio de 2015

PRF prende dupla com maconha e haxixe em compartimento oculto de carro roubado


Exibindo 6mai2015_PRF_prende_dupla_com_maconha_e_haxixe4

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na madrugada desta quarta-feira (6) dois homens que transportavam 30 quilos de maconha e 990 gramas de haxixe em Santa Terezinha de Itaipu, região oeste do Paraná.

Os dois ocupavam uma camioneta Hyunday IX35, abordada pelos policiais rodoviários federais no quilômetro 712 da BR 277, logo após ela ter passado pelo posto de fiscalização da PRF.

Em uma fiscalização minuciosa, os policiais localizaram as drogas, que estavam escondidas em compartimentos ocultos, nas caixas de ar (soleiras) de ambos os lados do veículo. Foram apreendidos 41 tabletes de maconha e dois de haxixe.

Em consulta aos sistemas, a equipe da PRF constatou ainda que a camioneta portava placas clonadas e tinha alerta de roubo, registrado no último dia 17 de fevereiro em Tijucas do Sul (SC).

O motorista, de 34 anos de idade, e o passageiro, 27, foram presos em flagrante por tráfico de drogas e receptação de veículo roubado.

O primeiro já havia sido preso em outra ocasião pela PRF, em meados de 2012, quando fazia a função de batedor para um veículo carregado com drogas, em Laranjeiras do Sul (PR).

A PRF encaminhou os presos, as drogas apreendidas e o veículo recuperado para a Delegacia da Polícia Civil em Santa Terezinha de Itaipu.

Exibindo 6mai2015_PRF_prende_dupla_com_maconha_e_haxixe3

Exibindo 6mai2015_PRF_prende_dupla_com_maconha_e_haxixe1

Maio Amarelo | Celular e direção. Isso não vai dar certo.


Maio Amarelo | Celular e direção. Isso não vai dar certo.


Maio Amarelo | Maquiagem e direção. Isso não vai dar certo.

PRF prende três contrabandistas de cigarros em Guarapuava


Exibindo 5mai2015_PRF_prende_tres_contrabandistas_de_cigarros1A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta terça-feira (5) três pessoas envolvidas com contrabando de cigarros em Guarapuava, região central do Paraná. As prisões ocorreram em frente ao Posto Guará da PRF, no quiômetro 319 da BR 277.

Abordado por uma equipe da PRF, um veículo Chevrolet Celta transportava cerca de 9 mil maços de cigarro do Paraguai. O motorista, de 38 anos de idade, foi preso em flagrante por contrabando.

Outros dois homens, de 42 e 19 anos, também foram presos pelo mesmo crime. Eles ocupavam um Volkswagem Fox, que desempenhava a função de 'batedor', alertando o motorista do Celta carregado com cigarros sobre a eventual presença de policiais ao longo do trajeto.

Os policiais rodoviários federais localizaram um rádio portátil em cada um dos dois automóveis apreendidos, ambos ajustados na mesma frequência. Além do contrabando, o grupo acabou enquadrado por crime contra as telecomunicações. O motorista do Celta ainda estava com a carteira nacional de habilitação cassada.

O grupo relatou ter adquirido a carga de cigarro em Guaíra (PR), e que prentedia levá-la até Jaraguá do Sul (SC).

A PRF encaminhou os presos e os veículos para a Delegacia da Polícia Federal em Guarapuava.
Exibindo 5mai2015_PRF_prende_tres_contrabandistas_de_cigarros3

terça-feira, 5 de maio de 2015

PRF prende caminhoneiro com 350 mil maços de cigarro contrabandeado

Exibindo PRF prende caminhoneiro com 350 mil maços de cigarro contrabandeado4.jpg


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta terça-feira (5) um caminhoneiro que transportava 350 mil maços de cigarro contrabandeado em Quatro Pontes, região oeste do Paraná.

A carreta foi abordada no quilômetro 280 da BR 163, próximo ao Posto Quatro Pontes da PRF.

Os policiais rodoviários federais encontraram as cerca de 700 caixas de contrabando escondidas abaixo de uma pequena camada de milho, que encobria a carga de contrabando vinda do Paraguai. O semirreboque apresenta sinais de adulteração.

O motorista disse que assumiu a direção do veículo em Eldorado (MS), e que teria como destino final a cidade de Chapecó (SC).

A equipe da PRF encaminhou o caminhão e a carga para a Receita Federal em Cascavel. O preso foi conduzido para a Delegacia da Polícia Federal no mesmo município.
Exibindo PRF prende caminhoneiro com 350 mil maços de cigarro contrabandeado1.jpg

segunda-feira, 4 de maio de 2015

PRF Apreende madeira ilegal no nordeste paraense



Carga ilegal de madeira é apreendida pela PRF na BR-222
Exibindo Apreensão de 14m³ de toras de madeira_Dom Eliseu 03maio2015.jpg

Um caminhão carregado com toras de madeira foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã de ontem (3), durante fiscalização na rodovia BR-222, no município de Dom Eliseu, região Nordeste do Pará. A carga de aproximadamente 14 m³ estava sendo transportada sem documentação fiscal e ambiental.
O flagrante de crime ambiental ocorreu às 11h30, quando o caminhão de placa CYN3877 foi abordado no quilômetro 25 da BR-222. Durante averiguações, o condutor do veículo, identificado como Manoel Obede Santos Mendonça, de 31 anos, declarou para os agentes da PRF que não portava nota fiscal e nem guia florestal da madeira que estava transportando.
Com a confirmação do crime o condutor foi detido e liberado após elaboração de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e assinatura de Termo de Compromisso de Comparecimento ao Poder Judiciário quando for intimado. O caminhão carregado com a madeira ilegal foi apreendido ficando a disposição do órgãos ambientais para aplicação das demais medidas cabíveis.

PRF flagra 35 pessoas transportadas em condições sub-humanas dentro de baú de caminhão

Exibindo IMG-20150503-WA0025.jpg
No início da manhã de hoje, na rodovia Transamazônica em Altamira, durante fiscalização em um caminhão Mercedes Bens, cor vermelha, policiais rodoviários federais flagraram 35 pessoas sendo transportadas em condições sub-humanas dentro do baú do caminhão. Dentre elas, havia um adolescente de 16 anos. Eles viajaram nessa situação degradante por quase 2.000 quilômetros.

O veículo conduzido por Expedito da Costa Silva, 48 anos, foi abordado pelos agentes da PRF no quilômetro 625 da BR- 230. Após verificação da documentação do veículo e CNH do condutor, os agentes da PRF solicitaram que ele abrisse o baú do caminhão, onde foi constatado a presença de 35 homens, entre eles, um adolescente de 16 anos, juntamente com várias bagagens, duas motocicletas, diversas mercadorias de material alumínio, sem iluminação e nenhuma ventilação.
Questionado sobre aquela situação degradante das pessoas sendo transportadas no compartimento de carga, sem nenhuma segurança, o motorista afirmou que eles estavam vindo da cidade de Juazeiro do Norte, no Estado da Bahia para com destino a Altamira afim de vender panelas de alumínio na região. Ainda de acordo com o condutor, os eles estavam sendo transportados sem pagar nenhum ônus financeiro.

O condutor foi autuado de acordo com o Artigo 230, inciso II do Código de Trânsito Brasileiro, pela infração de “Conduzir veículo transportando pessoas no compartimento de carga, infração gravíssima, e foi lavrado um Termo de Circunstanciado de Ocorrência- TCO, para o condutor, dentro do enquadramento legal do Código Penal Brasileira, artigo 132: “expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente”, que se comprometeu a comparecer em juízo, o condutor foi liberado .
Exibindo IMG-20150503-WA0028.jpg

PRF autua 84 motoristas por embriaguez e 4,8 mil por excesso de velocidade no feriado; treze pessoas morreram em acidentes no PR

Exibindo _radar_prf_foto_fernando_oliveira_PRF.jpgA Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 84 motoristas embriagados durante o feriado do Dia do Trabalho no Paraná. Desse total, 29 foram presos em flagrante porque o resultado do teste do bafômetro superou 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Outros 315 motoristas foram notificados por ultrapassagens proibidas. A PRF registrou ainda 4.776 imagens de veículos com velocidade acima da permitida nas rodovias federais do estado.

Os dados se referem à zero hora da última quinta-feira (30) até a meia-noite de domingo (3).

Treze pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais paranaenses. Houve 169 acidentes e 127 pessoas ficaram feridas.

As mortes ocorreram em sete acidentes. Apenas ontem (3), seis pessoas morreram, quatro delas em um único acidente, em Marechal Cândido Rondon, região oeste do Paraná. Sob chuva, uma camioneta teria aquaplanado e colidido frontalmente contra um caminhão, no quilômetro 291 da BR 163.

Entre as causas presumíveis dos acidentes com mortes, apontadas pelos policiais rodoviários federais que atenderam as ocorrências, estão velocidade incompatível com o trecho, desrespeito à sinalização e sono.

Sete das 13 mortes ocorreram em colisões frontais. Outras três, em uma colisão transversal. As restantes, em um atropelamento, uma queda de moto e uma colisão traseira. Duas das vítimas eram motociclistas.


Números da PRF no feriado do Dia do Trabalho no Paraná:

- 169 acidentes;
- 127 feridos;
- 13 mortos;
- 4.776 imagens de radar capturadas (excesso de velocidade);
- 84 motoristas flagrados bêbados, 29 deles presos em flagrante;
- 746 quilos de maconha apreendidos;
- 178 veículos recolhidos por diversas irregularidades;
- 315 motoristas notificados por ultrapassagens proibidas;.
- 9 veículos roubados recuperados.
Exibindo _motorista_faz_exame_do_bafometro_em_posto_da_prf_foto_fernando_oliveira_PRF.jpg

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes